A literatura apresenta resultados consistentes a respeito das propriedades anti-inflamatórias dos ácidos graxos poliinsaturados de cadeia longa (n-3 LC-PUFAs), presentes em grandes quantidades nos peixes, por exemplo. Entretanto, ainda há questionamentos acerca das propriedades dos n-3 LC-PUFAs na redução do risco de doença alérgica, haja vista os resultados controversos de estudos que avaliaram o efeito da ingestão de peixes sobre doenças alérgicas.

Neste estudo, publicado no Pediatric Allergy and Immunology, foram realizadas buscas nas bases de dados PubMed, EMBASE e Cochrane Central Register of Controlled Trials. Foram pesquisados ensaios clínicos randomizados e estudos prospectivos de coorte sobre o efeito da ingestão de peixe durante a gravidez ou na infância sobre os resultados alérgicos em crianças. Os resultados de interesse foram atopia, eczema, rinite alérgica, sibilância, asma e alergia alimentar. Foram incluídos na análise 1 estudo randomizado controlado e 17 publicações de 13 estudos de coorte prospectivos que abordavam a ingestão de peixe durante a gravidez, bem como 80 publicações de 5 estudos prospectivos de coorte que abordaram a ingestão de peixe na infância.

Os resultados da análise conjunta sugeriram que a ingestão de peixe durante a gravidez não estava associada ao menor risco de qualquer desfecho alérgico, tanto nos estudos randomizados controlados quanto em estudos observacionais. O consumo de peixe durante o primeiro ano de vida reduziu o risco de eczema (RR 0,61; IC 95%: 0,47 – 0,80; p = 0,0003; I2 = 68%) e rinite alérgica (RR 0,54; IC 95%: 0,36 – 0,81; p = 0,003; I2 = 74%).

Com base na evidência atual de estudos randomizados controlados de alta qualidade, os pesquisadores concluíram que a ingestão de peixe na infância pode reduzir o risco de eczema e rinite alérgica em crianças, enquanto que a ingestão de peixe pela mãe durante a gravidez não afeta nenhum resultado atópico. Segundo os autores, o consumo de peixe per se durante a infância, e não especialmente de n-3 LC-PUFAs, pode ter um efeito protetor de alergia.

Fonte: Medical Services

Autores: Zhang GQ, Liu B, Li J, Luo CQ, Zhang Q, Chen JL, Sinha A, Li ZY.

Exames de ultrassonografia – Morfológico e Transluscência Nucal